Indústria mantém investimentos

14.07.2012

 

A Federação das Indústrias (Fiesc) e o Banco Regional de Desen­volvimento do Extremo Sul (BRDE) divulgaram nesta sexta-fei­ra (13) o 12º volume da publicação “Desempenho e Perspectivas da Indústria Catarinense”, reunindo os resultados de pesquisas feitas com 126 empresas do setor. Uma das conclusões da pesquisa é que houve queda no número de indústrias que investiram entre 2010 (83%) e 2011 (78%). Em contrapartida, o volume dos investimentos cresceu em 27,5%, chegando a R$ 1.728 milhões no ano passado, valor superior à média anual dos últimos cinco anos. Para 2012, segundo o estudo, a expectativa é de um incremento de 15% no total investido pela indús­tria catarinense. No cenário do triênio de 2012 a 2014, a perspectiva é de inversões de R$ 3,6 bilhões, com destaque para os segmentos de alimentos, celulose e papel, máquinas e aparelhos elétricos, além de metalurgia. Boa parte dos recursos será destinada à modernização, am­pliação da capacidade de produção e melhoria da qualidade dos pro­dutos, itens essenciais para o aumento da competitividade no merca­do. “Embora a conjuntura seja de crise, apontando para recuo do PIB, os industriais vão continuar investindo”, comemorou o presidente da Fiesc, Glauco José Côrte. Para ele, um dos mais importantes resultados da pesquisa é a previsão de geração de empregos até 2014: 17 mil vagas.

 

Décadas perdidas

 

“Realmente o grande desafio dessa década é colocar a infraestrutura de transportes adequada ao tamanho e ao crescimento do país. As rodovias brasi­leiras são da década de 1970, do milagre econômico. O que se fez depois disso? Praticamente nada. Tivemos três déca­das perdidas e agora temos que tirar o atraso.” A avaliação é do engenheiro João José dos Santos, superintendente do DNIT-SC. Em entrevista exclusiva à coluna Pelo Estado, que vai circular na segunda-feira, ele fala da evolução dos investimentos do órgão no estado.

 

“Não podemos ficar parados, meramente vendo pela imprensa o retrocesso nas conquistas alcançadas com o Mercosul. Precisamos ter certeza de que o governo federal vai tomar atitudes corretas para benefício do Brasil.”

 

Senador Paulo Bauer (PSDB-SC), que protocolou requerimento para questionar os ministérios de Relações Exteriores e do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior sobre quais ações estão sendo tomadas para reverter a situação nas relações entre Brasil e Argentina.

 

Cortes

 

Este sábado é dia de prestação de contas no Executivo. Governador Rai­mundo Colombo e vice Eduardo Morei­ra estarão reunidos com 78 gestores para saber tudo o que já se obteve de redução de gastos na máquina administrativa e o que pode ser cortado dos cinco maiores contratos de cada secretaria. O encontro será em Lages.

Recuperação

 

Deputado Antonio Aguiar (PMDB) comemora a garantia de que a SC-447, ligação entre Canoinhas e BR-116, já em Papanduva, vai entrar no pa­cote de rodovias a serem recuperadas pela Secretaria de Infraestrutura. Hoje, os 35 Km de extensão da rodovia está em péssimas condições, trazendo inse­gurança aos usuários.

 

Agricultura familiar

 

Já a Secretaria de Estado da Agricultura e da Pesca infor­ma que neste mês de julho estará en­tregando tratores para dez municípios, forma de apoio à agricultura familiar. O investimento foi de R$ 735 mil, recursos do Fundo de Desenvolvimento Rural (FDR). A compra foi feita via licitação, realizada em abril.

 

Cessão

 

Os tratores são entregues às pre­feituras por meio de Termo de Cessão de Uso. Segundo o secretário da pasta, João Rodrigues, o objetivo é garantir melhores condições para os agricultores familiares desenvolvam suas atividades e gerem renda de forma sustentável.

 

Substituição de peso

 

Deputado Celso Maldaner (PMDB-SC) foi escolhido pelo líder do PMDB, Henrique Eduardo Al­ves, para substituir o deputado Paulo Piau (PMDB-MG) que não estava pre­sente na comissão mista que votou pela aprovação do texto base da MP 571/2012, que trata do Código Florestal Brasileiro. Maldaner, único catarinense entre os 24 parlamentares que votaram, declarou que votou fazendo jus ao nome de Piau. A MP foi aprovada com 16 votos e oito obstruções.

 

O prêmio vai para...

 

Nesta segunda-fei­ra a ADVB-SC vai divulgar as empresas e instituições vencedoras do Prêmio Em­presa Cidadã 2012. Em sua 14ª edição, vai distribuir 15 prêmios, nas categorias Preservação Ambiental, Participação Co­munitária e Desenvolvimento Cultural.

 

Andréa Leonora

Florianópolis, 14 e 15 de julho de 2012

Visualizar todos