Entrevista Especial: Kátia Abreu

08.06.2012

"Ninguém quer investir sem segurança jurídica”

Considerada uma das mulheres mais poderosas do país, a psicóloga, empresária do agronegócio e senadora é respeitada por aliados e adversários. Kátia Abreu não abriu mão de conduzir a fazenda da família, em Tocantins, ao ficar viúva, aos 25 anos, grávida e com dois filhos pequenos. Chamou a atenção pelo uso de avanços tecnológicos na produção e iniciou uma trajetória impressionante, que a levou a ser a primeira mulher a presidir a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), setor responsável por 24% do Produto Interno Bruto (PIB), que emprega 37% da força de trabalho e gera 36% das exportações do país. Antes de embarcar para o Fórum Mundial da Carne, em Paris, ela concedeu uma entrevista exclusiva à rede Associação dos Diários do Interior (ADI-BR)/Central de Diários do Interior (CDI).

Visualizar todos