Emprego

18.08.2017

 Governo catarinense mais uma vez comemora o melhor desempenho nacional em geração de emprego. O índice de desemprego caiu de 7,9% para 7,5% entre o primeiro e o segundo trimestres do ano. A média nacional ficou em 13% e a da região Sul, em 9,3%. O pior resultado do país foi de Pernambuco – 18,8%. E o estado mais industrializado, São Paulo, teve redução de 14,2% para 13,5% a taxa de desemprego. Os dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua, divulgada ontem, animaram o governador Raimundo Colombo. Em material distribuído pela Secretaria de Comunicação, ele diz que “a geração e manutenção do emprego é uma das principais preocupações do governo, no sentido de proteger as famílias catarinenses contra a crise”. E lembrou que a decisão de não aumentar impostos foi importante para atrair investimentos e gerar emprego.

Visualizar todos