Tempo seco em novembro pode ajudar lavouras e prejudicar aviários

08.11.2012

Por Amanda Ludwig, do Portal Engeplus

 

Até o final do mês de novembro o tempo estará mais seco que o normal, o que pode ajudar em alguns aspectos da lavoura mas atrapalhar nos aviários da região Sul de Santa Catarina. De acordo com o climatologista da Epagri de Urussanga, Márcio Sônego, em dezembro as chuvas devem voltar a atingir a região, mas até lá algumas áreas podem ser afetadas.

A região entre a BR-101 e o Oceano Atlântico sofrerá com as pastagens, que devem ficar mais secas devido ao tipo de solo do local. Além disso, os aviários podem sofrer com a falta de água, uma vez que a seca pode agravar o abastecimento das áreas rurais. 

Por outro lado, algumas lavouras serão beneficiadas. Segundo Sônego, a qualidade do fumo está excelente nesse momento e o arroz fica maior com o tempo seco, uma vez que os produtores deste produto possuem irrigação nas terras. "O milho está em um estágio bom, mas está pequeno e em fase de crescimento. Qualquer chuva pode ajudar essa produção", explica o climatologista.

A plantação de banana pode ser prejudicada, porque a seca que atingiu a região durante o ano já havia deixado vestígios nessa produção e a quantidade da fruta plantada foi menor. "Em Urussanga existe muita produção de uva, ameixa e pêssego. Para essas frutas o tempo seco é bom também. Para a banana é prejudicial, mas evita doenças que as árvores podem ter durante o período de chuvas", ressalta Sônego.

Visualizar todos