Viagens interestaduais e internacionais estão 2,7% mais caras

03.07.2012

Reajuste autorizado pela ANTT já está vigorando na maioria das empresas

 

Por Eliane Taffarel

As passagens de ônibus de passageiros interestaduais e internacionais de linhas que percorrem mais de 75 quilômetros estão sendo reajustadas desde domingo, 1º de julho. O reajuste está previsto em contrato e é autorizado anualmente. Neste ano, o aumento de 2,7% no valor das passagens foi autorizado no dia 27 de junho pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT).
 
O gerente de uma empresa de transporte interestadual e encarregado da base de Chapecó, Mauri Palma, afirma que a tabela de preços é reajustada na sede da empresa em Porto Alegre. “Os novos valores caem direto no sistema”, diz.
 
Palma explica que o cálculo do reajuste é feito por uma equipe técnica porque os valores das passagens devem levar em conta o ICMS de cada Estado. “Temos linhas que circulam pelo Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, Mato Grosso, e cada estado tem um ICMS diferente e o cálculo do valor da passagem precisa considerar esse imposto. Por isso, não tem como fazermos direto aqui, a tabela vem pronta da nossa sede”, afirma.
 
O atendente Matheus Henrique Gonçalves da Silva vende passagens para doze empresas e destaca que pelo que já pode perceber todas elas já repassaram o aumento de 2,7% que autorizado pela ANTT.
 
Os reajustes são calculados com base em custos da operação do serviço, como combustíveis, lubrificantes, peças e assessórios e pagamento de funcionários. A variação dos itens de custo é apurada por índices oficiais específicos divulgados por entidades como a Fundação Getúlio Vargas (FGV), o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e a Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Bicombustíveis (ANP).
 
No ano passado, o reajuste das passagens para viagens interestaduais e internacionais foi de 5%.
Visualizar todos